Monday, December 08, 2008

75

poente
letra: rogério santos
música,voz e violão: pituco
(para willian das neves)

partiu
como quem disse adeus
com aceno no olhar
e foi como peixe de prata
lastro de iemanjá
deixou
claro rastro de luz
e um copo no bar
poente como lua de prata
em poema de mar

quem faz navegar
a saudade
que aportou nesse cais?
quem vai marejar
amiúde
quando for caminhar?

um samba
no silêncio da tarde
veio me recordar
um nó
guarda o barco amarrado
nesse braço de mar

poente.wav

*mais uma parceria virtual
abraçosonoros e amplificados
namaste

8 comments:

rogerio santos said...

casamento perfeito de melodia para meus versos...
curti pacas o resultado, Signori...

Abraçonoros

JR said...

Uau! Lindo demais isso! Essa parceria é, como disse o poeta, 'casamento perfeito' e, como podemos ver, muito produtivo. PARABÉNS PITUCO, PARABÉNS ROGÉRIO!!!!

Douglas Doug said...

Bacanérrimo, tem um gostinho de trilha sonora, bonito mesmo!

Mariô said...

Pituco e Rogério, parabéns pela nova parceria !! Letra e música em sintonia perfeita...( tem um não sei quê de escuro, de sério , de triste... ) , ficou muito bonita essa canção ! Namaste

Anonymous said...

Óteeema melodia para uma letra idem!
A pegada do violão tá muito boa.
A canção (e não é por falar em mar...) tem um quê de Dorival Caymmi que Pituco explicita bem no cantar.
Na gravação definitiva, façavor de não colocar muita coisa porque esse é o tipo de música que dispensa muito adorno, um pianinho comentando, uma flauta com algumas poucas linhas e basta. Música boa já é um arranjo potencial.
E, finalmente, quem é Willian das Neves? Parente do baterista decano?

Guca Domenico

Rose Poulain said...

Linda música, q parceria!!!!
Pena q a gravação lá no Tocador de Bolacha ficou prejudicada pelas maritacas q falavam ao fundo!!!

Jalves said...

Feliz 2009
são os votos deste lado do mar.

jalves

Mônica Valentim said...

Caraca, que bonito...